quinta-feira, 5 de abril de 2012

Matrinxã no fly

Neste verão fiz uma pescaria de matrinxãs na região de Bom Jesus / ES muito gratificante. Neste local lá há uma grande variedade de peixes, como  traíras, piabanhas, matrinxãs, robalos, piaus e etc...

Todos que têm acompanhado meu blog, podem notar que estou me dedicando cada vez mais ao fly fishing, procurando conhecer os peixes que pretendo pescar com mosca, bem como o seu comportamento e alimento. O objetivo desta dedicação se deve ao fato que me preparar para dentro de pouco tempo passar a pescar somente com mosca.

Bem, a pescaria se realizou em dois fins de tarde. Comecei pescando com um equipamento #8 e linha WF 8F, com um clouser minnow  azul e branco atado num anzol número 4. 








Com o passar das horas percebi que um equipamento #5 poderia dar muito mais diversão, então na tarde seguinte, peguei meu conjunto #5 munido de um popper atado com EVA e calda de Marabou, e retornei ao rio. A ansiedade era tanta que cheguei antes da 16 horas no ponto. Parecia que havia combinado com matrinxãs, os ataques eram constantes. Mas as fisgadas não entravam, até que uma bela matrinxã de aproximadamente 3,0 kg deu o ar da graça e transformou minha varinha #5 em um "u" e simultaneamente a carretilha em um belo instrumento musical. Foram quase 15 minutos para tirar uma foto com a artista do dia.





Um comentário:

  1. Parabéns Klaydson! maravilhoso relato de sua pescaria de matrinxãs. um abc.

    ResponderExcluir